Notícias

Maria Gadú volta diferente no disco 'Mais Uma Página'









POR MAURO FERREIRA

FONTE: O DIA

19 de dezembro de 2011

“Cantando eu vivo em movimento / E sem ser mais do mesmo / Ainda sou quem era”, avisa Maria Gadú nos versos iniciais de ‘No Pé do Vento’parceria com Edu Krieger que abre seu segundo disco de estúdio, ‘Mais Uma Página’’. O CD surpreende. Em vez de clonar a fórmula radiofônica do primeiro álbum, a artista investe em som diferente, ora febril (como em ‘Reis’, parceria com Ana Carolina e Chiara Civello), ora etéreo (como na bela regravação de ‘Amor de Índio’, hit de Beto Guedes, envolvido em atmosfera de paz).

FAIXAS EM INGLÊS E ESPANHOL

É fato que a compositora não apresenta canções de imediata empatia popular em ‘Mais Uma Página’. Da lavra de Gadú, a delicada ‘Estranho Natural’ é a canção que mais se conecta com o primeiro CD da artista. Fãs de ‘Shimbalaiê’ vão estranhar o tom inflamado e urgente de ‘Quem?’, faixa autoral cantada por Gadú com Lenine. A tensão se repete na batida seca de ‘Axé a Capella’, tema de Luísa Maita com Dani Black, autor também da funkeada ‘Linha Tênue’.

Extrapolando a fronteira brasileira, Gadú canta também em inglês e espanhol. As faixas em inglês, ‘Like a Rose’ (gravada com orquestra filarmônica) e ‘Long Long Time’, são parcerias com Jesse Harris, colaborador da cantora e compositora norte-americana Norah Jones.

Já ‘Extranjero’ é a (bela) canção entoada em espanhol. Com alma de fado, inclusive por ser cantada com a voz lusitana de Marco Rodrigues, ‘A Valsa’ é outra faixa que mostra que Gadú se movimenta em evolução. Ela virou a página com classe.



Maria Gadú e suas
participações especiais


























Coletânea reunindo material especial de Maria Gadú se encontra disponível para download gratuito no blog Baú Sonoro.

Maria Gadú no mpbbrasil





















"Mais Uma Página", novo CD de Maria Gadú com lançamento previsto para 16 de dezembro



















Fonte: Maria Gadú Notícias
28 de novembro de 2011


Principal revelação musical nos últimos anos, a cantora e compositora de MPB, Maria Gadú lança seu segundo álbum de carreira. Após o sucesso do CD de estreia homônimo, com certificação de Disco de Platina com mais de 100 mil cópias vendidas, e do DVD "Multishow Ao Vivo" que recebeu Disco de Platina Triplo por sua vendagem superior a 160 mil cópias, ela apresenta o novo projeto de estúdio intitulado "Mais Uma Página". Cuidadosamente concebido e trabalhado, o disco produzido por Rodrigo Vidal traz 15 faixas, em sua maioria inéditas, que tem de tudo para emplacar em trilhas de novelas, minisséries e rádios. Entre os destaques do disco, a canção "Oração do Tempo", de autoria de Caetano Veloso é tema de abertura da atual novela das seis "A Vida da Gente". Além da indiscutível qualidade musical o novo álbum de Maria Gadú prima também pela estética. Com projeto gráfico conceitual e visualmente impressionante, o disco surpreende pelo luxo, pela inovação e pela excelência artística.



Chico e Gadú dominam CD com trilha sonora da novela "A Vida da Gente"




















Fonte: Notas Musicais
Por Mauro Ferreira
15 de novembro de 2011


Maria Gadú está duplamente presente - como cantora e compositora - na trilha sonora da novela "A Vida da Gente". Além de ter gravado "Oração do Tempo"(Caetano Veloso) para a abertura da sensível trama de Lícia Manzo, Gadú tem sua música "Dona Cila" - um dos destaques do repertório autoral de seu álbum de estreia, lançado em 2009 - cantada por Milton Nascimento na trilha sonora.
Nas lojas ainda neste mês de novembro de 2011, em edição da gravadora Som Livre, o CD com as músicas da novela exibida às 18h pela TV Globo inclui fonogramas de Zizi Possi ("Explode Coração"), Moska ("A Idade do Céu"), Rita Lee ("Ovelha Negra"), Legião Urbana ("Pais e Filhos"), Paula Fernandes ("Sensações") e Chico Buarque ("Sou Eu"). Chico, aliás, está triplamente presente na seleção musical, pois, além de cantar o samba "Sou Eu" em dueto com Wilson das Neves, teve suas músicas "Todo Sentimento" (parceria com Cristóvão Bastos de 1987) e "Atrás da Porta" (parceria com Francis Hime de 1972) regravadas especialmente para a boa novela pelas cantoras Elba Ramalho e Marina Elali, respectivamente.


"Mais Uma Página do Mesmo Livro", novo CD da Maria Gadú




















Fonte: Notícias Maria Gadú
10 de novembro de 2011


Intitulado "Mais Uma Página do Mesmo Livro", o segundo álbum de estúdio de Maria Gadú chega às lojas neste mês de novembro de 2011 pela Som Livre e já tem faixa disponibilizada para download gratuito no site oficial da cantora. Trata-se de Axé Acappella, música de Dani Black e Luiza Maita. A batida densa da gravação altera a batida pop radiofônica seguida por Gadú em seu primeiro disco, conectando a artista com sons da cena indie paulista.



Maria Gadú convida Marcos Rodrigues para gravar tema


















Fonte: DN Artes
Por Lusa
23 de agosto de 2011


Com o intérprete de "Homem do Saldanha", na gravação participará também o guitarrista José Manuel Neto, distinguido em 2008 com o Prémio Amália Melhor Instrumentista.

Marco Rodrigues não adiantou à Lusa qual o tema que interpretará com Maria Gadú, mas referiu que será "uma canção com a matriz do fado, embora com uma abertura musical diferente".

Marco Rodrigues conheceu Maria Gadú em 2009, quando a cantora e compositora veio a Portugal pela primeira vez.

"Ela foi ouvir-me ao Café Luso [onde Marco Rodrigues canta regularmente] e tornámo-nos bons amigos. Sempre que ela vem encontramo-nos e temos grandes noites de canto e viola, às vezes num desses miradouros de Lisboa, ou num bar de um amigo meu ali para os lados da Graça", contou o fadista, que na quarta-feira atua no Festival do Crato (Portalegre).

Marco Rodrigues está já no Rio de Janeiro para gravar com a artista brasileira, que em novembro atuará em Portugal na companhia de Caetano Veloso.



Maria Gadú atrai 70 mil ao MS Canta Brasil















Fonte: MS Notícias
Por Josemil Arruda
06 de junho de 2011

“Assusta. Com um público tão grande assim dá para ficar nervosa”, confessou a nova estrela da MPB, Maria Gadú, durante conversa com os organizadores do MS Canta Brasil, na noite de ontem (5). Na segunda edição do MS Canta Brasil de 2011. A primeira do ano foi feita com Fernanda Abreu e Serjão Loroza.

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio de sua Fundação de Cultura (FCMS), promoveu a 32º edição do MS Canta Brasil, um projeto que, cada vez mais, ganha projeção nacional. Gadú disse ainda que é de eventos como esse que o Brasil precisa. “A cultura é livre, e eventos como esse só ajuda, ainda mais, a difundir a nossa cultura”.

Gadú cantou músicas de seu finalizou repertório, alguns covers, músicas de Tetê Espindola e Dani Black. No fim do seu show agradeceu o público e referenciou nomes da musica de Mato Grosso do Sul, que fazem parte de sua trajetória musical.





Caetano Veloso e Maria Gadú querem nova turnê juntos















Fonte: eBand
Por Clarissa Mirzeiam
09 de maio de 2011

Caetano Veloso e Maria Gadú pretendem repetir a parceria feita no último ano em uma nova turnê.

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo do Jornal "Folha de S. Paulo", os cantores que estiveram juntos no palco irão lançar um DVD com o show no próximo dia 23.

"Da primeira vez que a vi, ela parecia um moleque de favela 'movie', um garotinho com voz de princesa", brincou Caetano à Gravadora Universal.


GNR, Sean Paul, Nouvelle Vague e Maria Gadú no Delta Tejo















Fonte: MYWAY Notícia
Por Marta Rocha
29 de março de 2011

A Organização do Festival Delta Tejo apresentou esta terça-feira todos os artistas que vão actuar no Palco Delta. No primeiro dia, destaque para os portugueses GNR, que voltam a actuar com a Banda Sinfónica da GNR, na celebração dos seus 100 anos e para Sean Paul.


No segundo dia de festival, acrescentam-se à já anunciada Nelly Furtado, os nomes de Asa, Aurea e Mariza.

A brasileira Maria Gadú é o grande destaque para o último dia de Festival, que conta também com as actuações dos Expensive Soul e Parangolé.


Concerto de Maria Gadú em Lisboa está esgotado














Fonte: Diário de Notícias
Por João Moço
24 de fevereiro de 2011

A artista brasileira Maria Gadú, que recentemente editou o CD e DVD Multishow Ao Vivo, que regista um concerto gravado em São Paulo onde interpretou alguns dos seus maiores sucessos, actua no dia 11 de Março no Centro Cultural de Belém e no dia 12 no Hard Club, no Porto.

Cantora brasileira actua a 11 de Março no CCB e um dia depois no Hard Club.

O concerto de Lisboa, no Grande Auditório, já se encontra esgotado, mas ainda há bilhetes para o espectáculo no Porto. As entradas custam 25 euros.

Maria Gadú estreou-se em 2009 com um álbum homónimo, que no Brasil atingiu a marca de Disco de Ouro. Esse disco, além dos temas originais, contém versões para "Ne Me Quitte Pas", de Jacques Brel, ou "A História de Lilly Braun", de Chico Buarque e Edu Lobo.

No ano passado esteve nomeado para dois Gramms Latinos, nas categorias de Melhor Artista Revelação e Melhor Álbum.



Maria Gadú abre Festival de Verão de Salvador com show morno















Fonte: Terra
Por Bruno Carvalho
03 de fevereiro de 2011

Os fãs estavam animados, e até quem não conhecia tão bem sua música parecia disposto a se divertir, mas o show da cantora Maria Gadú, que abriu a primeira noite do Festival de Verão, foi apenas morno. Tímida, mas se esforçando muito para parecer desenvolta frente ao público que já lotava o palco principal, Gadú cantou seus sucessos e abusou de canções de outros artistas para tentar agradar a plateia.

Acompanhada de uma banda bastante competente, Gadú entrou no palco depois de um pequeno atraso com seu tradicional visual que mistura camisa polo, calça jeans. Suas musicas foram cantadas, pelo menos no início, por boa parte do público, especialmente os que estavam no gargarejo.

No entanto, depois que seu maior sucesso Shimbalaiê, o show começou a esfriar. Foi a hora de apelar para versões de outras artistas, como Lanterna dos Afogados, dos Paralamas do Sucesso, e A historia de Lily Braun, de Chico Buarque, mas a sensação que ficou foi de que ainda falta bagagem musical a jovem cantora.

Apesar de fazer caras e bocas, como se estivesse se divertindo como nunca, Gadú interagiu pouco com o público, que por sua vez passou a interagir cada vez menos com a cantora. Como a aguardada participação de Caetano Veloso também não aconteceu, nem a citação a Amy Winehouse no final da sua apresentação ajudou a esquentar o clima.


Turnê Duo Caetano Veloso e Maria Gadú terá show de gravação de DVD no Rio de Janeiro












Fonte: UOL
Da Redação
10 de dezembro de 2010

Depois de passar por Salvador (7/11), São Paulo (24/11), Belo Horizonte (26/11) e Rio de Janeiro (5/12), a turnê DUO Caetano Veloso e Maria Gadú – apresentada e patrocinada pela Nextel – se encerra oficialmente no dia 9 de dezembro, com show em Recife. Mas a parceria deu tão certo, que, pra ficar tudo mais joia rara, a dupla resolveu cantar e dançar novamente no Rio, para registrar o encontro em DVD. A última apresentação, irá acontecer no Citibank Hall no dia 19/12, com preços a partir de R$40,00.

Caetano Veloso faz um balanço dessa breve turnê, com realização da Planmusic: “torna-se importante esse acontecimento tão casual e tão agradável a partir do momento em que se descobre que é uma oportunidadepara sentir a história da nossa música. A diferença de idade entre mim e Gadu põe tudo em perspectiva”.

O espetáculo de voz e violão traz no repertório as canções mais intimistas da dupla, que se apresenta em duo e solo. Tanto composições próprias - como "Odara", "Beleza Pura", "Vaca Profana" e "Bela Flor" - quanto de outros autores - entre elas, "Trem das Onze" (Adoniran Barbosa) e "Vai Levando" (parceria de Caetano Veloso e Chico Buarque).